MAMOPLASTIA REDUTORA

Mamoplastia Redutora

Ao contrário do que dita os estereótipos da moda, algumas mulheres não gostam ou não se sentem confortáveis com o tamanho do busto que possuem, pois o excesso de peso das mamas acarreta má postura ou dor nas costas. Dessa forma, a mamoplastia redutora pode reduzir os seios, reduzir a flacidez e ajudar a melhorar a autoestima das pacientes que procuram realizar o procedimento.

Como é a cirurgia?

A cirurgia dura em torno de 3 horas, dependendo de cada paciente e tipo de mama. A anestesia é geral, podendo ter alta ao final do dia ou na manhã seguinte. Durante a cirurgia, é feita uma incisão, pela qual é retirada certa quantidade de volume das mamas, bem como trabalhado tecido interno e a pele, para que a forma da mama fique mais harmoniosa. Posteriormente, são efetuados os pontos e os curativos.

Pós-operatório

Os pontos são internos, absorvidos pelo organismo, não havendo necessidade de retirada. Essa técnica de sutura proporciona cicatrizes mais discretas. É indicada a troca diária dos curativos e o uso do sutiã cirúrgico. Nas duas primeiras semanas, não é permitido levantar os braços acima da altura da cabeça. Após duas semanas, já é possível dirigir, porém com cautela. Ao fim de um mês, a paciente já pode se engajar em atividades físicas leves, como caminhadas, podendo retomar suas atividades normalmente. Academia, porém, apenas a partir de 45 a 60 dias.

As cicatrizes desse tipo de cirurgia ficam muito bem escondidas. A partir do primeiro mês após o procedimento, a cicatriz muda de tonalidade e espessura, o que acaba por deixá-la um pouco mais visível. Depois de um prazo de 6 a 12 meses, porém, a cicatriz vai clareando até chegar a seu aspecto definitivo. Alguns pacientes apresentam tendência a quelóide, ou seja, o organismo continua a produzir células de cicatrização, formando uma cicatriz elevada e mais visível.

© 2018 DR. GINO DI DOMIZIO - Telefones: (19) 3876-4245/3545 e 3829-5090/Opção 2